Onda de calor: temperaturas na região serrana ficarão ainda mais altas

Compartilhe essa notícia

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Climatempo fizeram um alerta sobre uma onda de calor que atinge várias regiões do país, desde a manhã desta sexta (10), sendo que o Inmet publicou um aviso de risco à saúde. Segundo o órgão, as temperaturas devem permanecer, de um modo geral, 5º C acima da média para essa época. A previsão é que o fenômeno se estenda até a noite de amanhã, terça-feira (14). 2023 é considerado o ano mais quente, em comparação com os últimos anos. O fenômeno El Niño é um dos fatores principais para a ocorrência do fenômeno, porque além dele modificar as questões de vento, pressão, umidade do ar, ele permite ainda que ocorra maior incidência de chuva na Região Sul e menos chuva na faixa Norte do país. Com isso, na parte central, Sudeste e Centro Oeste, tem acontecido a elevação da temperatura. O fato é que segundo os especialistas, o planeta está mais quente. Segundo o Programa Copernicus da União Europeia, gerido pelo Centro Europeu de Previsões Meteorológicas, o mês de outubro foi o mais quente já registrado. O planeta chegou a ficar 0,4° C acima da temperatura do outubro mais quente anterior que foi em 2019.

Notícia Anterior Cinco presos em operação contra fraude na compra de respiradores na cidade do Carmo
Próxima Notícia Grupo de baloeiros é detido em Petrópolis após balão cair em Reserva Biológica