Cresce violência contra mulher no país e grupos de defesa em Friburgo pedem mais atenção às vítimas

Compartilhe essa notícia

A cidade vem registrando índices de violência e feminicídio maiores até do aqueles registrados na capital, segundo o Tecle Mulher, organização sem fins lucrativos, com atendimento nacional e internacional. A 12ª edição da Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher, divulgada na última semana pelo Instituto DataSenado, revela dados assustadores.

O levantamento mostra que 30% das mulheres do país já sofreram algum tipo de violência doméstica ou familiar provocada por homens. O número representa mais de 25,4 milhões de brasileiras que já foram vítimas desse tipo violência em algum momento da vida. O aumento da violência contra a mulher foi de 72% na Região Sudeste.

Por isso, a Rede de Mulheres e o Tecle Mulher, movimentos sociais voltados à atenção a mulheres vítimas de violência em Nova Friburgo se mobilizaram na última quinta-feira em frente à Câmara dos Vereadores. O grupo colocou sapatos femininos na escadaria, representando as mais de 40 mulheres vítimas de feminicídio na cidade.

Notícia Anterior Ministério Público denuncia ex-prefeito Renato Bravo por crime de peculato por se apropriar de dinheiro público
Próxima Notícia Mega-Sena acumula e prêmio sobe para R$ 7 milhões