PF, IBAMA e Polícia Nacional da Colômbia desmobilizam garimpo ilegal de ouro

Compartilhe essa notícia

Durante a Operação Fronteira de Ouro foram inutilizadas sete dragas e equipamentos destinados ao garimpo ilegal

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ibama e a Polícia Nacional da Colômbia, deflagrou, durante os dias 1, 2 e 3 de dezembro, a Operação Fronteira de Ouro, com o intuito de prevenir e reprimir a extração ilegal de minério de ouro no leito dos rios transfronteiriços do território brasileiro e colombiano, mais especificamente nos municípios do Japurá e Santo Antônio do Içá, no Amazonas. 

Tendo em vista a impossibilidade de remoção do local de difícil acesso, foram inutilizadas sete dragas grandes, uma embarcação, um retro e uma balsa de combustível que eram empregadas na extração ilegal do minério na região.

A ação também contou com o trabalho de explosivistas policiais e agentes do Ibama. Já em solos colombianos, a ação contou com os Policiais da PNC para dar apoio e realizar, concomitantemente, a operação de cunho internacional.

**Com informações da Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas

Foto: Divulgação / Polícia Federal 

Notícia Anterior Deslocamento de mina em Maceió cai para 0,25 cm por hora
Próxima Notícia Vasco perde, mas ainda depende de si para escapar do rebaixamento